Inicio > Notas de Cidadania > I Encontro Nacional de Comunicação das Periferias acontece na Maré (RJ)

I Encontro Nacional de Comunicação das Periferias terá representante de Belo Horizonte morador do Aglomerado Santa Lúcia e Assessor de Comunicação do Programa Polos de Cidadania

De 12 a 15 de outubro de 2017, o Programa Transdisciplinar de Extensão, Ensino e Pesquisa Social Aplicada Polos de Cidadania estará participando do 1º Encontro Nacional de Comunicação das Periferias que acontece na Favela da Maré, no Rio de Janeiro, junto com ativistas de 18 estados da Federação. Várias etnias, gêneros, visões de mundo e realidades distintas estarão representadas para discutir, juntas, possibilidades e estratégias de ampliar suas ações e superar interdições, controles, explorações e desigualdades na área da comunicação e do direito à informação.

Com atuações há mais de dez anos em vilas e favelas o Polos de Cidadania desenvolve ações de assessoria e fortalecimento dos direitos humanos. Em 2016 o documentário “Entulhos”, com direção de Cristiano Silva e Eduardo Nicácio, foi premiado no Festival Imagens da Cultura Popular Urbana – Favela É Isso Aí. Cristiano, além de Assessor de Comunicação do Programa, é morador do Aglomerado Santa Lúcia e participará do Encontro na Maré (RJ), como representante mineiro.

Os grupos e pessoas foram selecionad@s e convidad@s a participar a partir de uma pesquisa feita em todo o país entre representantes de meios da comunicação que trabalham para constituir cidades de direitos. Para tanto, foi constituído um GT nacional com integrantes da Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. O resultado é uma fotografia democrática e próxima da realidade brasileira, como comprova o perfil d@s participantes: 50% de mulheres e homens; 54% de negras e negros.

Neste encontro da diversidade, as pessoas serão artesãs/ãos de todo o processo. Do início ao fim, o processo será guiado por quem constrói na vida, na prática, as ações. Os debates vão partir de insumos do que já existe de potência nas periferias e ampliar para saltos mais amplos, visando à democratização da comunicação em todos os seus aspectos e dimensões.

O 1º Encontro Nacional de Comunicação das Periferias será uma alquimia da práxis, com convivência, debates históricos, teóricos, políticos e de repertórios acumulados. O objetivo principal será potencializar a periferia como sujeitas/sujeitos para superar as desigualdades e construir uma orientação coletiva comum que amplie o ativismo e forme uma grande rede de proteção e solidariedade múltiplas. Assim se faz nossa narrativa: nas ações, nas atividades e realizações. Com certeza, sairemos mais fortes do que quando chegamos.” Eduardo Alves – Membro do GT do Encontro e da Direção do Observatório de Favelas.

Seu email não será publicado. Campo obrigatório *

*

Translate »